Warning: include_once(/home/marcelos/public_html/wp/wp-content/plugins/sendtoafriend/sendtoafriend.php): failed to open stream: Permission denied in /home/marcelos/public_html/wp/wp-settings.php on line 255

Warning: include_once(): Failed opening '/home/marcelos/public_html/wp/wp-content/plugins/sendtoafriend/sendtoafriend.php' for inclusion (include_path='.:/usr/lib/php:/usr/local/lib/php') in /home/marcelos/public_html/wp/wp-settings.php on line 255
Impeachment não é solução para o país, aponta pesquisa via rba

Natal, 26 de Setembro de 2018 | Cultura , Economia , Política , Finanças, Gestão, Pessoas , Negociação Coletiva e sustentabilidade.

Marcelo de Souza

NOTÍCIAS NO EMAIL


14 abr 2016

Impeachment não é solução para o país, aponta pesquisa via rba


Impeachment não é solução para o país, aponta pesquisa

Metade considera a oposição oportunista, e para maioria Aécio e FHC só pensam nos seus interesses. Para a CUT, dados mostram expectativa de mudanças na economia, mas agenda da oposição vai na direção oposta
por Redação RBA
FERNANDO FRAZÃO/AGÊNCIA BRASIL
ato democracia

Avaliação do vice-presidente Michel Temer, apontado pela CUT como “líder do golpe”, é negativa para 61% dos entrevistados

São Paulo – O impeachment não é solução para o país e a oposição está sendo oportunista, aponta pesquisa CUT/Vox Populi, divulgada hoje (14). Para 58% dos entrevistados, o afastamento da presidenta Dilma Rousseff não resolve os problemas enfrentados pelo Brasil, enquanto 35% acreditam que sim. Esses números variaram pouco desde o levantamento anterior, de dezembro (57% e 34%, respectivamente). Os que não souberam ou não quiseram responder passou de 9% para 7%.

De acordo com a pesquisa, embora 57% sejam favoráveis ao impeachment, 50% avaliam que a oposição está se aproveitando do desgaste do governo Dilma para tirá-la do poder, sem pensar que isso pode causar mais dificuldades para o país. Já 49% acham que o processo em tramitação representa uma vingança do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). E 57% pensam que políticos como o senador Aécio Neves e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, ambos do PSDB, só pensam nos próprios interesses ao apoiar ao processo, por não terem aceitado a derrota eleitoral em 2014.

As opiniões sobre as chances de o impeachment ser aprovado estão rigorosamente empatadas: 44% acreditam que sim e 44%, que não. A avaliação do vice-presidente da República, Michel Temer, que a CUT aponta como “líder do golpe”, é negativa para 61% dos entrevistados (47% em dezembro), enquanto a positiva é de 33% (41%).

Entre as regiões, o maior percentual contrário ao impeachment vem do Nordeste, com 54%. No Centro-Oeste/Norte, são 65% a favor, no Sudeste, 63% e no Sul, 62%.

Melhor presidente

À pergunta sobre qual foi o melhor presidente que o Brasil já teve, Lula aparece bem à frente, com 45% do total. Seu antecessor, FHC, tem 15%.

O desempenho de Dilma segue com avaliação negativa, para 65% – eram 69% em dezembro e 63% em fevereiro. A avaliação positiva oscilou para 23%, ante 25% e 27%, respectivamente.

O presidente da CUT, Vagner Freitas, avalia que há divisão sobre o processo de impeachment, mas acrescenta que os brasileiros sabem que a situação do país não vai melhorar com o golpe – pelo contrário. “Numa sociedade democrática, sem apoio social, nenhum deputado ou senador embarcaria na aventura de cassar o mandato de uma presidenta eleita democraticamente que não cometeu nenhum crime”, afirmou.

Ele observa que os trabalhadores e a sociedade em geral querem mudanças na economia, com criação de emprego, desenvolvimento do chamado trabalho decente e manutenção de programas sociais, itens que segundo ele vão na direção oposta daquilo que é apresentado pela oposição. “A turma do Temer só fala em arrocho salarial e sacrifício para a classe trabalhadora.”

A pesquisa foi feita entre os dias 9 e 12. Foram ouvidas 2 mil pessoas em quase todos os estados (as exceções foram Roraima e o Distrito Federal), em áreas urbanas e rurais de 118 municípios.



Fatal error: Call to undefined function staf_html() in /home/marcelos/public_html/wp/wp-content/themes/wordmultpress/single.php on line 34