Natal, 24 de Abril de 2014 | Cultura , Economia , Política , Finanças, Gestão, Pessoas , Negociação Coletiva e sustentabilidade.

Marcelo de Souza

NOTÍCIAS NO EMAIL


01 nov 2012

Os melhores lugares para viver depois de aposentado – via Previ


No momento de vivenciar a aposentadoria, algumas questões e necessidades podem surgir. Além de lidar com a dúvida do que fazer com as horas que eram dedicadas ao trabalho, muitas pessoas podem escolher outro local de moradia, de acordo com as novas expectativas. Para quem deseja mudar os ares, vale conferir as dicas da publicação americana International Living, referência em turismo.Cidades brasileirasNo ranking que considerou parâmetros como custo e qualidade de vida, Fortaleza (CE) e João Pessoa (PB) aparecem entre os melhores lugares para se viver durante a aposentadoria.

De acordo com a pesquisa, Fortaleza conta com belezas naturais, vida noturna agradável voltada ao público da terceira idade, restaurantes com boa qualidade, organização favorável e opções de lazer que misturam atrações históricas e naturais.

João Pessoa é vista como uma cidade verde com abundâncias naturais e, ao mesmo tempo, moderna, limpa e segura, o que proporciona ao aposentado um universo relaxante e saudável.

O psicólogo Paulo Henrique, especialista no grupo da terceira idade, diz que a primeira coisa que o aposentado precisa ponderar é descobrir o que ele realmente quer. Se mudar de região for um desejo real, para o profissional, é necessário avaliar o que cada cidade oferece e checar os pontos negativos e positivos.

“Para quem tem condições financeiras, recomendo visitar o local por períodos de uns três meses para perceber a dinâmica da cidade. Antes de comprar ou alugar um apartamento em longo prazo, é fundamental saber se está disposto a ficar longe da família e, para quem é casado, é importantíssimo conversar com o cônjuge sobre os planos e entrar em um acordo. Também gosto de ressaltar que os choques culturais acontecerão simultaneamente ao choque de rotina provocado pela aposentadoria. Para alguns indivíduos funciona bem e para outros nem tanto”, analisa Henrique.

O especialista diz que a possibilidade de escolher um novo lugar é cada vez mais comum, pois as pessoas estão se preparando melhor para essa etapa da vida, mas afirma que fatores como estilo de vida, hábitos, características do local, influência da família e amigos devem ser levados a sério e não somente a questão financeira.

Pelo mundo

Para quem tem espírito aventureiro e pretende ultrapassar fronteiras nacionais, a International Living indica, na América Latina, as uruguaias Montevidéu, Colônia do Sacramento e Punta Del Leste.

Nas Américas Central e Sul e na Europa, a pesquisa sugere lugares como Albergris Caye (Belize), Região Central e Sul do Pacífico e Lago Arenal (Costa Rica), Cuenca, Quito Canton e Manca (Equador), Paris (França), Região da Calábria (Itália) e Cidade do Panamá (Panamá).


[x] Fechar

Envie para um amigo









Envie para um amigo

Nenhum Comentário Clique para comentar

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário






Logo Marcelo de Souza

Marcelo Souza | Todos os direitos reservados @2011

;